PROJECTO DE CONSTRUÇÃO DE INFRAESTRUTURAS EM MECONTA

Por: Gelácio Rapieque

O Arcebispo de Nampula desafia os seus fiéis a contribuírem para a construção de infraestruturas básicas no Santuário de Meconta.

Dom Inácio Saure lançou este desafio neste Domingo, em Meconta, no encerramento de mais uma peregrinação àquele Santuário Mariano.

Tudo começou quando o Padre Pinho Dos Santos, o Director do Secretariado da Pastoral da Arquidiocese de Nampula, apresentou o relatório de contas das ofertas colectadas na peregrinação do ano passado (2019).

Segundo Padre Pinho no ano passado os fiéis ofereceram cerca de 275 mil meticais, dos quais “cerca de 90 mil foram usados para a organização e realização da peregrinação de 2019”.

Na ocasião, o sacerdote avançou que o remanescente do valor seria destinado a construção de casas de banho que são escassos naquele lugar sagrado, obras a serem executadas a médio e longo prazos.

Foi isso que não agradou a Dom Inácio, que depois de ter notado com preocupação a falta de balneários naquele Santuário, usou a máquina calculadora para fazer uma matemática rápida e apresentar aos seus fiéis as contas dos seus cálculos.

Para Dom Inácio é urgente a construção de casas de banho no Santuário de Meconta, mas para tal, propôs que cada um dos 200 mil fiéis adultos contribua com 100 meticais. Uma proposta bastante aplaudida pelos fiéis presentes em Meconta e entrevistados pela nossa equipa de reportagem.

Para a concretização destes projectos considerados urgentes, Dom Inácio indicou na presença de todos os peregrinos, o Padre Pinho, Director do Secretariado da Pastoral, o padre Muluta Reitor do Santuário de Meconta e o responsável da Associação dos Amigos do Santuário (ASAMARE), sr Magaia, como membros da comissão de construção de infraestruturas básicas do Santuário de Meconta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *