A Comissão da Comunicação Social (CCS) desafia aos párocos a criarem o sector de comunicação nas suas paróquias

O desafio foi lançado pelo coordenador daquela comissão, Gelácio Rapieque, no término de uma capacitação de cerca de 30 comunicadores oriundos de várias paróquias da Arquidiocese de Nampula, acto que teve lugar no Centro Catequético de Paulo VI de Anchilo, província de Nampula.

Aquele coordenador salientou que a comunicação social é um dos meios indispensáveis na componente de formação do homem: “e a criação dessa comissão nas comunidades e Paróquias não é questão de gozo ou luxo, mas sim, de necessidade para formação e informação da comunidade cristã nesta Diocese ”, -disse Rapieque, que pede o envolvimento de todos os párocos para materialização desse desafio.

A fonte acrescentou que este processo abrange a todas as regiões pastorais da Arquidiocese, razão pela qual a capacitação poderá decorrer nas regiões de Angoche e Iapala, que vão culminar com a eleição dos representantes dessa comissão de cada região Pastoral da Arquidiocese de Nampula.

É nesse contexto em que os enviados às paróquias e participantes da capacitação comprometeram-se dinamizar esta comissão nas comunidades e Paróquias.

Por Ofélio Adriano

One Reply to “A Comissão da Comunicação Social (CCS) desafia aos párocos a criarem o sector de comunicação nas suas paróquias”

  1. É isso mesmo, somente para acrescentar que o foco principal dos comunicadores tange-se na evangelização. Uma boa comunicação irá contribuir na espiritualidade cristã e para evangelização dos dos povos, pois, é essa recomendação do Santo Padre Papa Francisco “ir às periferias existenciais”, para que a mensagem de Jesus chegue e boas condições

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.