A Empresa Electricidade de Moçambique lançou esta segunda-feira, um projecto de monitoria, denominado Provedoria do cliente

Com esse projecto, a EDM pretende aproximar-se cada vez mais dos seus clientes e melhorar a componente de defesa dos seus direitos.

 O director da Electricidade de Mocambique (EDM) área operacional de Nampula, Eduardo Pinto, disse que a provedoria do cliente  é um serviço aberto aos clientes e ao público em geral, que por meio deste, eles poderão expressar suas opiniões e apresentar  reclamações.

Elsa Prata, directora da ética da provedoria do cliente, disse que  este ofício vai reduzir os casos de corrupção entre os trabalhadores da EDM  e a comunidade.

Prata apelou aos clientes a serem mais vigilantes e encorrajou a denuciare o uso clandestino de energia.

“As manifestações podem ser apresentadas por escrito, enviadas por via e-mail, por telefone ou presencialmente no gabinete de ética e provedoria do cliente e que este projecto irá cobrir a rede nacional” – esclareceu a fonte.

Por: Vânia Jacinto

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *