A falta de uma Escola Secundária em Nahatxe favorece uniões prematuras

Por: João Baptista

Alunas residentes no povoado de Nahatxe, que frequentam os seus estudos na EPC do mesmo nome no distrito de Murrupula, província de Nampula pedem ao governo a implantação de uma escola Secundária naquela comunidade.

Segundo explicaram aquelas raparigas a escola que existe naquela comunidade é de primeiro ciclo, factor que faz com que algumas raparigas não tenham oportunidade para prosseguirem com os estudos. Em virtude disso, sentem -se obrigadas a optarem pelos casamentos prematuros, vendo os seus sonhos interrompidos.

ʺNós pedimos ao governo para nos ajudar a construir uma escola secundária porque aqui frequentamos até 6ª classe e depois disso ficamos sem estudar, por isso muitas meninas da nossa idade casam-se muito cedo antes de concluir o ensino primário e o secundárioʺ disseram as fontes.

Alguns pais e encarregados de educação explicaram que a falta de uma escola secundária contribui para as uniões prematuras e pedem ao governo para intervir na construção da mesma o mais rápido possível. ʺAs nossas filhas casam-se cedo devido a falta de ocupação; Elas são obrigadas a deixarem de estudar ainda muito cedo. É necessário que construam uma escola que permita que nossas crianças concluam os seus estudosʺ referem pais e encarregados de educação do povoado de Nahatxe, distrito de Murrupula.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *