A fistula obstétrica é uma doença como outra qualquer

Por José Simão

A fistula obstétrica é uma doença como outra qualquer

A oficial de programas da FDC, fundação para o desenvolvimento da comunidade, na região norte do pais, Adelina Lopes, considera que a fistula obstétrica é uma doença como outra qualquer.

Adelina falando na manha desta segunda-feira durante a abertura da capacitação de raparigas em matéria de prevenção e combate as fistulas obstétricas na cidade de Nampula, disse que não há motivos desta doença ser tratada com estranheza.

Ela espera que as raparigas que estão a beneficiar da capacitação possam replicar o que aprenderem nas comunidades.

Este posicionamento foi partilhado por Cachimo Raul, Director Provincial da Juventude e Desportos de Nampula que acredita que se a informação vier das raparigas nas suas comunidades, será facilmente aceite.

“Se vocês vieram aqui, estão a representar as meninas da vossa Comunidade. Se esforcem para adquirirem os conhecimentos e aplicarem la nas vossas Comunidades e ajudar outras meninas como vocês” disse o Director Provincial da Juventude e desportos de Nampula

Algumas raparigas curadas de fistula obstétrica e outras padecendo da lesão incluindo as mentoras partilham a sua experiência e deixaram apelos.

“Eu já fui vitima desta doença mas agora já curei. Aconteceu durante uma complicação de parto do meu filho” – contou uma das vitimas, agora com 24 anos de idade, que em termos de apelo a outras raparigas, disse o que passamos a citar – “Façam tudo no seu tempo recomendado, para que não passem o mesmo que eu passei. Devem dar tempo aos estudos”. Fim da citação.

A capacitação tem a duração de dois dias e é promovida pela FDC em parceria com técnicos do sector da saúde e da Direcção Provincial De Género Criança E Acção Social De Nampula.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *