Crónica do Dia – A MINHA MÁSCARA ESTÁ COM SANTINHO

A MINHA MÁSCARA ESTÁ COM SANTINHO 

Por Kant de Voronha

O mundo ainda ressente-se dos efeitos do Coronavírus. Moçambique já soma números crescentes cada dia que passa. Toda gente é convidada a revestir sua boca e nariz de máscara para prevenir-se dessa pandemia.

A regra do jogo é que a máscara é de uso exclusivo, individual e pessoal. Ou seja, uma vez usada por um indivíduo, a máscara não pode ser trespassada de uma pessoa a outra. Aí correr-se-á o risco de partilhar o vírus de um indivíduo ao outro. Por isso notamos diariamente movimentos solidários de pessoas singulares, associações ou ainda empresas a distribuir máscaras gratuitamente. Apesar disso, há quem opta em conservar a máscara no bolso ou na sua carteira ostentando a sua boca ao ar livre. Não sei se é para não esconder a sua beleza, mas não faltam pessoas dessa classe.

Um outro fenómeno regular é a troca de máscaras. As crianças se descuidam muito nisso. Alguns adultos também fazem isso movidos de generosidade é comum encontrar pessoas que dispensam a sua máscara para deixar com uma pessoa que julga desprover-se desse material. A atitude em si parece mostrar carinho, mas é perigosíssima.

Na semana passada escalei o mercado de Waresta. Lançando o meu olhar entre a multidão sentia que o ritmo da vida parece correr sem avessos. A mistura de caras mascaradas e outras fora disso diluiu em mim sentimentos propensão do contágio do vírus. Um dia se vierem a fazer testes em massa, tenho certeza que Nampula terá a real situação sobre o coronavírus. Nessa altura Waresta ou vai fechar ou continuará a oferecer coronavírus mahala.

Na ocasião, aqueles meninos que vendem plásticos ambulantemente trocavam máscaras um ao outro como forma de ostentar a máscara do outro que fora confeccionada com maior profissionalismo. Na sequência disso, Santinho acabou levando a máscara de Suraia para sua casa. Acontece que Suraia saiu de casa com máscara azul, mas voltou com máscara vermelha o que espantou os seus pais. Quando perguntada o paradeiro da máscara azul ela respondeu sem hesitar “a minha máscara está com Santinho”.

Tenho certeza que um dia vai acontecer assim mesmo entre alunos nas escolas. É preciso educar as crianças para que não partilhem as suas máscaras. Bonitas ou feias, importante é prevenir e não contagiar o vírus. Pois, a única beleza por cuidar bem é a nossa saúde. E mais não disse!

One Reply to “Crónica do Dia – A MINHA MÁSCARA ESTÁ COM SANTINHO”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *