AAVEDOS defende respeito aos idosos por serem biblioteca viva

Po Amélia Augusto

O Coordenador Provincial da Associação Para Apoio aos Velhos desamparados- AAVEDOS em Nampula Salomão Chibayele, defende que a sociedade deve continuamente respeitar os idosos por se tratarem de bibliotecas vivas.

Salomão Chibayele falava por ocasião da semana internacional de consciencialização de não violência contra pessoas da terceira idade, que decorre desde o dia 1 de junho, podendo terminar no próximo dia 15.

Durante a semana, no dizer da nossa fonte estão agendadas várias actividades, com destaque para encontros de sensibilização das comunidades sobre a necessidade de se respeitar os idosos, de acordo com a lei 03/2014 e 19/2014, que falam dos direitos dessa camada social.

Algumas dessas actividades, no dizer de Salomão, estão a decorrer de casa em casa nos Postos Administrativos de Anchilo, Natikiri e Mulala em coordenação com a Direção Provincial de Género, Criança e Acão Social.

De entre os direitos da pessoa da terceira idade que estão a ser violados sistematicamente, destacam-se o direito a vida e dignidade.

Dai que o apelo da AAVEDOS e no sentido de a sociedade mudar de consciência, numa clara alusão de que cada ser humano espera atingir a velhice.

“A sociedade deve saber que todos seremos velhos e não se pode isolar os idosos como se tratassem de inválidos”. – referiu Salomão acrescentando que os idosos são uma biblioteca viva.

Para ele, o idoso tem muita experiencia a transmitir aos mais novos, por isso ser necessário a mudança de comportamento daqueles que não valorizam a pessoa da terceira idade.

A semana internacional de sensibilização de não a violência contra a pessoas da terceira idade, termina no dia 15 de junho, com a realização de uma feira de saúde e tenda de Justiça, a terem lugar na direção Social do bairro de Natikiri.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *