AMETRAMO denuncia desrespeito e humilhação que são sujeitos por alguns enfermeiros de várias unidades

Por Onório Encarnação

O governador de Nampula insta aos praticantes da medicina tradicional (AMETRAMO) a serem vigilantes e denunciar os falsos curandeiros

Manuel Rodrigues falava esta quarta-feira, num encontro que manteve com alguns membros da AMETRAMO na província de Nampula, que serviu para estabelecer um diálogo na promoção da saúde pública e o contributo deles durante a pandemia da COVID-19.

Os representantes da AMETRAMO presentes no encontro, mostraram-se satisfeitos mas lamentaram o desrespeito e humilhação que são sujeitos por alguns enfermeiros de várias unidades sanitárias desta província.

Por seu turno, odiretor provincial de saúde, Fernando Mitano, encorajou aos praticantes da medicina tradicional, a continuarem a trabalhar em coordenação com os agentes da saúde, e pediu a serem vigilantes e a denunciarem quaisquer actos de desrespeito.

Entretanto, o governador Manuel Rodriguês, apelou a todos os membros da AMETRAMO, a sensibilizarem a sociedade sobre as medidas preventivas de Coronavírus, e a lutarem contra a desinformação.

Refira-se que em Nampula, existem 16.525 praticantes da medicina tradicional.

Destes 4.800 têm feito as referências nas unidades sanitárias com os seus doentes.

O governo está trabalhar com os restantes, para que também  possam dar as suas referências.

O encontro aconteceu numa altura em que os casos positivos da Covid-19 continuam a aumentar em Nampula, sendo que as autoridades sanitárias estão a reforçar mensagens apelativas sobre o cumprimento das medidas de prevenção da doença.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *