ANAMM DOA MATERIAL DE RASTREIO DE COVID-19 AOS MUNICIPIOS DE NAMPULA

ANAMM DOA MATERIAL DE RASTREIO DE COVID-19 AOS MUNICIPIOS DE NAMPULA

Por Elísio João

Os Sete Municípios da Província de Nampula receberam ontem, terça-feira um reforço em equipamentos de rastreio do novo coronavírus.

Trata-se de 120 aparelhos para medição de temperatura, cuja entrega foi feita pelo Presidente da Associação dos Municípios de Moçambique.

Falando na ocasião, disse esperar que os termómetros venham contribuir bastante no rastreio da doença, que está a tomar proporções alarmantes na Província de Nampula, e explicou como será feita a sua distribuição.

“Esta é parte da nossa contribuição como Associação e o que nós esperamos é que estes aparelhos sejam usados no rastreio dos nossos munícipes” – Referiu o Presidente da Associação dos Municípios de Moçambique – ANAMM que acrescentou dizendo que os municípios do país estão a alterar o seus níveis de crescimento por força desta pandemia.

A nossa fonte exigiu a todos os Moçambicanos, o cumprimento escrupuloso de todas as medidas de prevenção emanadas pelo decreto presidencial para que o país seja livre do coronavírus.

Falando em representação dos Presidentes das autarquias da Província de Nampula, Paulo Vahanle, edil desta cidade, disse que o equipamento chega num momento oportuno, uma vez que, segundo suas palavras, Nampula está a se tornar no maior centro de contágio da Covid-19, o novo coronavírus.

“O Conselho municipal da Cidade de Nampula precisava desta doação para complementar as diversas acções que tem levado a cabo para a prevenção da Covid-19” – Disse Vahanle.

Paulo Vahanle encorajou a todos os envolvidos na luta contra o coronavírus a continuarem a promover acções concertadas para melhorar a vida dos munícipes.

Os Presidentes das outras autarquias enalteceram o gesto da Associação dos Municípios de Moçambique e pediram para que acções humanitárias continuem neste momento em que todo o cuidado é pouco na luta contra o coronavírus.

“Não tenho Palavras próprias para agradecer este gesto humanitário. A vila de Malema apesar de ser pequena, tem dificuldade financeira e estava a precisar deste material, por isso sente-se aliviada” disse em gesto de agradecimento, o Presidente do Conselho Autárquico da vila de Malema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *