António Bachir é o novo homem forte da PRM em Nampula

As cerimónias de empossamento do novo comandante decorreram ontem, segunda-feira, dirigidas pelo comandante do ramo da polícia costeira lacustre e fluvial Alfredo Mussa.

A comandante cessante da PRM em Nampula Adelaide Muianga, depois de fazer entrega das pastas, pediu a todos os membros da corporação para apoiarem incondicionalmente o novo timoneiro.

Por seu turno, o novo Comandante da PRM em Nampula, António Bachir, mostrou-se satisfeito pela confiança que mereceu dos seus superiores e pediu a colaboração dos colegas.

Disse que não pode ser considerado comosabe tudo no que diz respeito a ordem e tranquilidade publicas.

Enquanto isso, 1º Comissario comandante de ramo da polícia costeira lacustre e fluvial Alfredo Mussa, que dirigiu a cerimonia de empossamento, apelou ao novo comandante assim como toda corporação a continuarem a corrigir oque e mau, e fazer oque e bom.

Ninguém nasceu sabendo ler e escrever, nem sabendo fazer os trabalhos que os outros como os adolescentes fazem, por isso todo trabalho requere uma união” d isse Alfredo Mussa, apelando os agentes da PRM a colaborarem com o novo comandante.

O novo comandante da PRM em Nampula, tem pela frente uma missão espinhosa de combater a criminalidade que tende a aumentar nos últimos dias, e manter disciplina no seio da corporação.

O empossamento de António Bachir, para o cargo de Comandante  Provincial da PRM em Nampula, acontece numa altura em que há reclamações de ma atuação da Policia de Transito em quase todos os postos de controlo, sendo dai outro desafio dele, manter a ordem, combatendo a corrupção junto dos agentes afectos naquele ramo.

Por Onório Encarnação

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *