Assembleia Municipal de Nampula procura estratégias para o saneamento urbano

Por: Felismino Leonardo

A Assembleia Municipal reuniu-se esta quarta-feira, 30 de Setembro, na sua segunda sessão extraordinária, para discutir o plano de melhoria de serviços de saneamento e drenagem da cidade de Nampula.

A directora da área de água e saneamento do meio, Berlinda Chapala disse que com a concretização do pedido feito ao Banco Mundial poderá melhorar o fortalecimento sistemático de gestão de esgoto na urbe, construindo estruturas para deposição de lamas fecais e águas residuais.

Aquela dirigente foi confrontada com alguns membros dos partidos MDM e Frelimo sobre como será feita a aplicação de tais fundos e quais serão os resultados.

Berlinda Chapala assegurou ainda que há uma empresa de saneamento designada Emusana, na qual foi criada uma subunidade de gestão do sistema de esgoto e valas de drenagem, e os trabalhadores têm noções sobre questões de saneamento.

Chapala recordou aos membros da Assembleia Municipal que o plano de melhoria de saneamento e orçamento foi elaborado e enviado ao Banco Mundial para a sua aprovação em 2019 ainda numa expectativa.

O número de beneficiários directos dos serviços de saneamento na cidade de Nampula é de 122.443  agregados familiares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *