Associação dos Professores Católicos de Moçambique (APCM) afina as agulhas para revitalizar suas actividades em 2022

Com objectivo de debater assuntos ligados com as finanças, a Associação dos Professores Católicos de Moçambique, em Nampula, realizou no último final de semana a sétima reunião de Assembleia Geral.

Depois de terem somado prejuízos no ano passado, devido a paralisação das suas actividades por força da covid-19, este encontro serviu para traçar novas linhas de actuação para o ano 2022, segundo referiu o presidente da APCM, Eusébio Rosário.

A fonte disse que é um desafio publicar o estatuto daquela organização no boletim da república o que poderá facilitar a abertura de uma conta para o depósito das quotas e outras contribuições.

O presidente daquela agremiação social garantiu que irá alargar as suas actividades para as dioceses de Nacala Porto, Mecubúri, Nametil, Ribaué e Malema.

Os membros que falaram à Radio Encontro a margem da realização da Assembleia Geral disseram que o encontro serviu para o fortalecimento do ânimo e coragem como membros da APCM, para além de esclarecer algumas situações com esperança de que dias melhores virão.

Por Pedro Cusse

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *