Cidadãos em Nampula continuam a queixar-se de falta de alternativas de sobrevivência

Por Gelácio Rapieque

Moçambique vive desde o princípio deste mês, em situação de calamidade, por conta da covid-19, que está a assolar o país e o mundo.

Com isso, o governo relaxou algumas medidas, como retoma de aulas, retoma de cultos públicos, reabertura das praias, entre outras, para tentar minimizar a vida do seu povo e a economia do país.

Mesmo assim, isto parece não ter mudado quase nada na vida dos cidadãos em Nampula, que continuam a reclamar as medidas de prevenção tomadas pelo governo para travar a doença.

A fome, por exemplo, continua a ser a grande preocupação dos nossos entrevistados.

Por isso, na opinião das nossas fontes, os actos criminais, como roubos, violência e consumo de drogas, tendem a aumentar na província.

De referir que os números de casos da covid-19 crescem cada dia que passa e por esse motivo o país já registou mais de 40 vítimas mortais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *