CINCO ANOS DE SACERDÓCIO: DESAFIOS E APRENDIZAGEM NAS COMUNIDADES

CINCO ANOS DE SACERDÓCIO: DESAFIOS E APRENDIZAGEM NAS COMUNIDADES

Por Elísio João

Os Cristãos católicos são cada vez mais exigidos a se separarem do mundo, apesar de viverem fisicamente nele.

A exigência foi renovada este domingo, pelo Padre Jacinto Augusto, numa celebração eucarística que serviu para agradecer a Deus pelos 5 anos de sacerdócio de 4 padres da Arquidiocese de Nampula, a saber: Padre Cantífula de Castro, Padre António Canera, Padre Olímpio Paulo e Padre Rodrigues Januário, consagrados em 28 de Junho de 2015.

Padre Jacinto recordou que os 4 Sacerdotes são um exemplo de quem se separa definitivamente do mundo para se tornarem instrumentos de Deus, para que a palavra de Deus não falte no meio do seu povo.

“O que aconteceu com eles foi uma separação permanente e contínua. Foram separados do mundo e do convívio normal para um serviço e vida específicos, de se tornarem auxiliares, pontes e instrumentos de Deus para que a vontade de Deus chegue nas comunidades. Para que isso acontecesse eles, os padres, passaram por várias circunstâncias de vida” – disse o padre Jacinto Augusto recordando que foram 10 anos de preparação até a ordenação.

Padre Jacinto recordou que os Sacerdotes são representantes de Deus para santificarem a nossa vida – “Santificar significa acompanhar e estar ao lado do seu povo que lhes é confiado sem o abandonar” – referiu o presidente daquela celebração, o qual instou a comunidade a sustentar sem medidas aos sacerdotes que precisam de se alimentar.

O povo de Deus, no dizer do Padre Jacinto, tem a obrigação de ajudar os santificadores, porque eles precisam de terem condições humanas para cumprirem fielmente os trabalhos de Deus.

Porém, acredita que são muitos os cristãos que ainda não fazem isso, numa clara alusão de que neles, a catequese ainda não é completa.

“Muitos pensam que os padres devem ser alimentados pelo Bispo ou pelo Papa. E não é justo se nós pensarmos assim. Devemos fazer parte da vida do Padre e da Igreja porque é nosso dever e obrigação sustentar a igreja e seu clero, sem uso de fita métrica como nos diz o 5º mandamento da santa igreja” – referiu.

Dirigindo-se aos 4 Sacerdotes, o Padre Jacinto Augusto exigiu fidelidade à Jesus porque só Ele, a fidelidade, assegura a vitória em todas as dimensões.

“A fidelidade assegura a nossa vitória. Por isso meus irmãos, continuem fieis a Jesus Cristo” –Disse.

Falando em representação dos 4 Sacerdotes, o Padre Olímpio disse que os 5 anos de sacerdócio foram desafiantes mas de muita aprendizagem junto das comunidades, dai ter apresentado agradecimentos infinitos pelo carinho de todos.

A missa de agradecimento pelos 5 anos de sacerdócio dos Padres Cantífula, Canera, Rodrigues e Olímpio, teve lugar na Paróquia de Anchilo de forma restrita, observando o distanciamento social por força da covid-19 depois de um dia inteiro de retiro espiritual.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *