COMÉRCIO E SEGURANÇA COM MAIS CONFLITOS LABORAIS EM 2019

COMÉRCIO E SEGURANÇA COM MAIS CONFLITOS LABORAIS EM 2019

Por Olga Félix

Os sectores de comércio e de segurança privada são apontados como os que registaram mais casos de conflitos laborais durante o ano de 2019.

Dos 851 casos que deram entrada no centro de mediação e arbitragem de conflitos laborais no ano de 2019, 360 foram do ramo de comércio seguido do  de segurança privada com 319 processos.

O Director do centro de Mediação e Arbitragem, Gildo Niconte que falou a Rádio Encontro na última terça-feira fez saber que apesar do sector de comércio ser o que registou mais processos para mediação, é ao mesmo tempo que  celebrou muitos acordos.

˝O ramo do comércio para além de ser o que teve mais casos de mediação é também o ramo com mais acordos, o de segurança é um ramo difícil de ter acordos por falta de comparência de pessoas para decidir, as pessoas que aqui aparecem são delegadas para apenas ouvir e ir dar a conhecer os patronatos que esses chegam a pronunciar-se muito tarde˝.

Num outro desenvolvimento aquele dirigente disse haver insuficiência de mediadores nos distritos de Angoche e Nacala Porto.

Para o distrito de Angoche seria normal se tivesse no mínimo 4 mediadores contra 2 que existem neste momento e o Distrito de Nacala Porto tem também 2  com a necessidade de 6 mediadores.

Para Niconte, os trabalhadores e empregadores já têm noção dos seus direitos e deveres por haver maior interacção nas palestras proferidas pelos mediadores nos diferentes ramos de actividades.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *