CORONAVIRUS CONDICIONA FUNCIONAMENTO DA ASSOCIAÇÃO WATANA EM NAMPULA

CORONAVIRUS CONDICIONA FUNCIONAMENTO DA ASSOCIAÇÃO WATANA EM NAMPULA

Por Gelácio Rapieque

Segundo Mariano Vasco, activista, o confinamento decretado pelo governo moçambicano para conter a propagação da COVID 19, colocou a sua instituição sem objecto de trabalho, já que para o seu funcionamento a agremiação depende dos bares e outros lugares de diversão que o governo interditou o seu funcionamento.

Esta situação obrigou a Associação Watana a recorrer outras formas, como o uso da rádio para continuar a desenvolver as suas actividades.

Mesmo afectando directamente no seu trabalho, Mariano Vasco entende que as medidas tomadas pelo governo para prevenir esta pandemia foram acertadas, entretanto, pede para que as autoridades relaxem as medidas de comércio, pois, segundo afirmou, há famílias que dependem de pequenos negócios para a sua sobrevivência.

Por sua vez, algumas famílias ouvidas pela nossa reportagem, consideram que o coronavírus está a aumentar a pobreza nas comunidades.

Questionado sobre a situação da criminalidade no seu bairro António Raja, disse ter reduzido.

Lembre-se que Nampula é a província mais afectada pelo coronavírus no país, com cerca de 212 casos confirmados e três óbitos, motivo mais que suficiente para intensificar as medidas de prevenção e combate a doença.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *