Crónica do Dia – CRIANÇAS CHEIAS DE INSÓNIA

Por Kant de Voronha

As coisas se mudam até de forma incompreensível. O fluxo de informações diversificadas altera o tecido social e modifica a convivência entre as pessoas.

De facto, o avanço da tecnologia e a facilidade de acesso aos dispositivos móveis e à internet têm mudado radicalmente a forma de vida das pessoas e o seu relacionamento. São inúmeras as facilidades que a tecnologia traz para as nossas vidas: aproxima-nos com pessoas distantes; facilita as amizades e compras online; ajuda em pesquisas escolares; etc e tudo isso com a maior comodidade possível e sem sair de casa. As mudanças são tantas que é difícil mensurar tudo o que a tecnologia transformou e continua transformando em nosso dia a dia.

As crianças não são uma excepção a este mundo informatizado no qual estamos vivendo. Os nascidos na chamada Geração Z estão aprendendo a conviver desde muito cedo com tablets, notebooks, smartphones e, obviamente, também estão interagindo de forma diferente com o mundo. Isto tem gerado mudanças profundas na vida desse tipo de crianças. Há nisso vantagens e também desvantagens.

É verdade que o uso da tecnologia ajuda as crianças a desenvolver habilidades motoras e a criatividade. Mas como se sabe, o uso excessivo da tecnologia na infância pode causar prejuízos na vida e na educação deles. São poucos os pais que têm controlo do que é visto e feito pelos seus filhos petizes até altas horas da madrugada. São crianças que não dormem, atravessam toda noite online, vasculhando inclusive lugares inadequados para a sua idade. Por isso que é frequente encontrar crianças com olhos vermelhos por causa de sono; crianças que amanhecem a falar sozinhas no seu quarto, a sorrir como se estivessem com alguém.

Isso pode criar problemas de saúde mental, como depressão, ansiedade e agressividade. Vemos crianças que passam muito tempo a sonecar durante as aulas, crianças com tensão alta e outras que facilmente perdem a vista. Não é proibido dar as crianças esses meios actuais. Contudo, os pais devem orientar seus filhos para evitar que possíveis danos sejam causados a eles. Crianças improdutivas na escola terão um futuro deficiente. Que tipo de jovens e adultos teremos com este tipo de crianças cheias de insónia?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *