Crónica do Dia – PRIMEIRO QUERO SER DETIDO, DEPOIS USAR BEM

Por Agostinho Nahote

Quando passo por vários locais de concentração de muitas pessoas, fico preocupado por ver pessoas que em nada se preocupam sobre as medidas de prevenção da Covid-19. Do que me refiro todos sabem. Vejam o que sucede nos mercados, nos chapa-cem, no comboio de passageiros, etc.

Na última sexta-feira quando me fazia ao serviço, tomei um mini-bus de cor vermelha e focinho afiado, vulgo Mukhopo. Sentei-me na cabine ao lado de uma Senhora muito grande, parece embondeiro, mas tinha máscara muito larga. Depois de passarmos do Mwako Wanvela, quase perto do Hospital Graça, lá em frente estavam alguns homens reguladores de trânsito. o Condutor fingiu que estava a levar alguém e parou de lado. Afinal era uma táctica de deixar algumas viaturas passarem e seguir atrás delas, dito e feito. Cumpriu-se o plano dele e escapamos dos trânsitos.

A viagem seguia num bom ritmo. Ao chegarmos no mercado Pinto Soares a minha companheira de cadeira, ali na cabine pediu para sair. Senti um alívio muito grande. Imaginem como estive apertado ali. Por vezes perdia ar e respirava com soluços. O cobrador abeirou-se de mim precisando troco de uma nota de 100 meticais, mas trazia Máscara mal usada debaixo do queixo.

A viagem continuou e as pessoas iam saindo e entrando conforme as necessidades e o destino de cada um. Fiquei admirado quando aproximávamos a Padaria Sipal, uma senhora advertiu ao cobrador dizendo “Filho use bem a sua máscara. Ontem vi um seu colega a ser retirado da viatura e algemado, não gostaria que isso acontecesse consigo”. Em resposta, o cobrador disse “Mi nkihiyo mwaninyu. Kimphavela ovariwa toko nto kinwareke orattene”.

Todos passageiros ficaram indignados pela arrogância e ingenuidade daquele cobrador. Afinal até hoje existem pessoas que só usam máscara por medo da polícia e não da COVID-19?

Amigos, esta doença existe e mata, o melhor é seguir as medidas de prevenção, sobretudo a você que está exposto a várias pessoas em busca do ganha-pão.

2 Replies to “Crónica do Dia – PRIMEIRO QUERO SER DETIDO, DEPOIS USAR BEM”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *