DIA INTERNACIONAL DA PRIVACIDADE DE DADOS

DIA INTERNACIONAL DA PRIVACIDADE DE DADOS

Por Florêncio Alfredo

Celebra-se hoje o dia internacional da privacidade de dados.

A data tem por objectivo incrementar a consciência das pessoas relativamente à importância da privacidade e promover a protecção de documentos pessoais.

Outra intenção na criação da data é de promover a convenção 108 do conselho da Europa que protege as pessoas no tratamento automatizado de dados pessoais.

Alguns munícipes interpelados pela nossa reportagem nesta terça-feira, em relação ao assunto, disseram que seria bom que todos os moçambicanos tivessem os seus documentos digitalizados por forma a se conservarem com eficácia e evitar possíveis problemas de danos, perca, roubo ou molha dos mesmos.

Questionados em relação a privacidade de dados, as nossas fontes divergem, alguns são da opinião de que os dados devem ser compartilhados se for o caso de um casal para não criar suspeitas. Outros comungam a ideia de que não se pode compartilhar por ser algo privado.

Os nossos interlocutores mostraram-se preocupados com a questão dos malfeitores cibernéticos, que têm feito falcatruas com as tecnologias de ponta para invadir os documentos de pessoas e das empresas.

“É de conhecimento de que muita gente, nos últimos 10 anos, tem sido alvo de invasão cibernética. Onde malfeitores usando tecnologias, entram nas contas de redes Sociais, como nos Correio electrónico, facebook, até em alguns casos nas contas bancárias para realizarem os seus intentos”, avançou um dos nossos entrevistados

Para melhorar a privacidade online, o internauta pode usar palavras-chave fortes, desligar-se das redes sociais e entrar em sites como visitante, utilizar navegadores em modo privado, não conceder os seus dados reais aos sites, não guardar os dados no navegador, partilhar poucas coisas nas redes sociais, actualizar o software, entre outros.

Recorde-se que no ano passado o Director da Rádio Encontro, Benvindo Tápua, sofreu a invasão cibernética do seu facebook com alheios até agora não conhecidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *