Editores do programa “conversa com as nossas flores” capacitados para prevenir uniões prematuras

Por César Rafael

Está a decorrer desde a última quinta-feira, 15 de Outubro, na cidade de Nampula uma capacitação de grupos editoriais do programa a voz da criança envolvendo jovens e adolescentes.

Patrocinado pela Unicef em parceria com o Forcom, é objectivo do evento desenvolver capacidades e habilidades dos grupos editoriais para a produção de programas radiofónicos, com impacto para a prevenção de uniões prematuras e violência contra as crianças.

Segundo Luísa Mário, formadora da rede dos formadores do Forcom em Moçambique, o número crescente de casamentos prematuros nos últimos tempos tem sido cada vez mais preocupante, pelo que até ao final da formação os envolvidos já terão consciência das consequências que advêm deste mal, devendo para tal replicar o aprendizado a outros jovens.

“Significa que o grupo editorial primeiro tem que saber qual é a consequência daquilo que está acontecer e, depois, eles também, saberem informar aquelas crianças que se encontram lá” disse Luísa.

Com duração de três dias, a capacitação envolve pouco mais de 10 formandos virados para área de produção de programas infantis nas rádios comunitárias ao nível da província de Nampula em particular e, do país em geral. De acordo com a fonte, a meta é de atingir 20 crianças para cada rádio ao nível do país.

Na mesma ocasião, a fonte, apelou a comunidade em geral no sentido de abandonar as más práticas como são os casos de uniões prematuras e violência contra crianças, sobretudo aos pais que obrigaram aos seus filhos casar cedo. Outro apelo ficou para as vítimas assim como a comunidade para denunciar casos idênticos pois, existem dispositivos legais para punir os infractores deste tipo de crimes.

Por seu turno, os formandos mostraram a sua satisfação e prometeram dar réplica do aprendizado aos jovens e adolescentes assim como as comunidades em geral.

Importa referir que, para além da Rádio Encontro na Cidade de Nampula, eventos de género foram realizados nas rádios comunitárias de watana em Nacala Porto e de Parapattho no distrito costeiro de Angoche respectivamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *