FORMAÇÃO REGIONAL NOS ESTABELECIMENTOS PENITENCIÁRIOS

FORMAÇÃO REGIONAL EM SAÚDE SEXUAL E REPRODUTIVA NOS ESTABELECIMENTOS PENITENCIÁRIOS

Por César Rafael

O Director geral dos estabelecimentos penitenciários em Nampula, Mário Vicente, disse que os objectivos para os quais levaram a realização da Formação regional em saúde sexual e reprodutiva nos estabelecimentos penitenciários foram alcançados.

A formação que decorreu na cidade de Nampula, envolvendo profissionais das regiões centro e norte do País foi caracterizada por uma imensa troca de experiências, partilha de pontos de vista sobre a saúde da mulher, criança no ambiente penitenciário.

A provisão e disponibilização de pacotes de planeamento familiar e de prevenção de doenças contagiosas nos estabelecimentos penitenciários no âmbito da disponibilização global, foi um dos temas que marcou mais atenção do encontro, de acordo com a nossa fonte.

Vicente instou aos formandos a se familiarizarem com a lei que aprova o código de execução da pena e medida de segurança, instrumento pelo qual o SERNAP poderá tomar providências para garantir a existência de serviços ligados com as celas íntimas.

Na mesma ocasião, Mário Vicente fez saber que com aprovação dos novos instrumentos jurídicos em curso, grande parte das penumbras hoje existentes serão ultrapassadas.

Vicente, apontou a problemática do VIH/SIDA como uma das maiores ameaças do continente africano em geral e do País em particular pelo que, apelou aos participantes a se engajarem na réplica e implementação dos conhecimentos adquiridos ao nível dos seus postos de trabalho.

Ana Berta Vilanculos, uma das participantes da formação em representação da província de Nampula, promete implementar e fazer réplica dos conhecimentos ali adquiridos.

Outros participantes em representação de outras províncias, recusaram gravar a entrevista alegando falta de autorização dos seus superiores hierárquicos.

A formação regional em matéria de saúde sexual e reprodutiva nos estabelecimentos penitenciários que decorreu em Nampula envolvendo profissionais das regiões centro e norte do País teve a duração de 3 dias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *