Governador insta Muçulmanos a distanciar-se e condenar terroristas

Por Elísio João

Manuel Rodrigues dirigia-se a Comunidade muçulmana esta quinta-feira, 10 de Setembro, no acto de lançamento de uma campanha de solidariedade para com as vítimas do terrorismo de Cabo Delgado que passa a ser promovida pelo Conselho de Alimos de Nampula, num período indeterminado.

A Campanha de angariação de bens e valores monetários lançada esta quinta-feira, decorre sob o lema – “Estenda a sua mão com uma parte do que tiver para quem precisa”.

O Governador de Nampula aproveitou a oportunidade para deixar apelos aos muçulmanos, focados na necessidade de serem misericordiosos, uma vez que, segundo suas palavras, “o Islão é uma religião de paz”.

“A nossa província conta com vinte mil e quinhentos deslocados de Cabo Delgado, por isso devemos considerar esta uma campanha de angariação para apoiar as vitimas do terrorismo em Cabo Delgado” – disse Manuel Rodrigues que acrescentou apelando – “O nosso apelo é que devemos desmentir que a religião muçulmana promove guerra e  desestabilização, porque é sabido que o Islão é paz, humildade e apoio um do outro”.

Por seu turno, o Presidente do Conselho de Alimos de Nampula, Essimela Abudo, é da opinião de que todos nós temos algo para dar a quem mais precisa.

Sendo dai necessário que todos estendam a mão para os irmãos vítimas de terrorismo em Cabo Delgado.

“O terrorismo que está agredir o nosso país, provocou e continua a provocar mortes, pilhagem e movimentação forçada de pessoas das suas zonas de origem para zonas mais seguras, a procura de abrigo e segurança” – observou Essimela Abudo, recordando que foi a partir desse sentimento que o Conselho de Alimos de Nampula em parceria com as organizações Islâmicas da nossa Província, tomaram a iniciativa de lançar uma campanha solidária.

Na cerimónia do lançamento da campanha, os presentes contribuíram com mais de 75 mil meticais e diversos produtos alimentares e de higienização.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *