GOVERNANTES DE NAMPULA INTENSIFICAM PREVENÇÃO DE COVID 19

GOVERNANTES DE NAMPULA INTENSIFICAM PREVENÇÃO DE COVID 19

Por Santos Conta

O Secretário de Estado da Província de Nampula intensifica acções de sensibilização sobre as medidas de prevenção da Covid 19, o novo coronavírus.

Metty Gondola precisou esta segunda feira, de mais de 3 horas de tempo para deixar ficar uma série de medidas aos presidentes das autarquias e administradores distritais da província de Nampula.

Das várias medidas deixadas pelo Secretário de Estado da Província de Nampula, o destaque vai para os transportadores interdistritais, sector no qual orientou para a lavagem das mãos no ponto de partida e ao longo do percurso caso haja entrada e saída de passageiros assim como no destino de cada viagem.

Mas porque a luta neste combate é maior, a medida de lavagem das mãos dos passageiros quanto se fazem nos transportes públicos não foi suficiente tendo orientado também os condutores o uso de pulverizadores para desinfectar as viaturas antes de carregar os passageiros e depois da sua saída.

O encontro discutiu também sobre os pontos de venda de bebidas caseiras onde supõe-se que por causa de troca de copos, o risco de propagação desta doença é maior, dai estar em curso as medidas que possam permitir a prevenção.

Gondola reconheceu que está longe de se alcançarem os objectivos traçados mas prometeu não se cansar nesta luta em que os vencedores são todos os moçambicanos que devem fazer de tudo para a prevenção da pandemia.

O encontro para além de deixar orientações, tinha como objectivo fazer a auscultação aos administradores e presidentes das autárquicas sobre o ponto de situação quanto as orientações deixadas pelo governo e as autoridades de saúde ao nível dos seus pontos de origem e em caso de dificuldades arranjar as possíveis saídas para materializar a sua implementação.

Na ocasião os autarcas e administradores distritais foram unânimes em afirmar que tudo estão a fazer para o combate desta epidemia.

Um dos exemplos que mencionaram é a colocação de baldes com água em todas as instituições públicas e outros lugares com maior aglomerado populacional como mercados, e barracas.

Mas também reconhecem os desafios que enfrentam no seu dia-a-dia, por conta dos cidadãos que não dão conta do recado as orientações que estão sendo difundidas por vários actores da sociedade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *