Governo Provincial priorizar três pilares de suporte no seu programa Quinquenal e plano económico e Social de 2021

Por Elísio João

O Governo Provincial de Nampula reitera que vai continuar a priorizar três pilares de suporte no seu programa Quinquenal e plano económico e Social de 2021, destacando o Desenvolvimento Humano e Justiça Social.

O segundo pilar eleito pelo executivo liderado por Manuel Rodrigues e o de produção, produtividade e emprego.

A proposta do plano Economico e Social para o próximo ano, foi apresentada num encontro do Governo Provincial com a sociedade Civil, esta terça-feira, 17 de Novembro, depois de merecer uma avaliação no dia anterior, em Sessão Ordinária do Conselho Executivo Provincial.

O Porta-Voz daquela que foi a XII Sessão Ordinária daquele órgão, Leo Jamal disse que os três pilares de suporte no plano do executivo são vistos como que poderão impulsionar o crescimento da Província em todas as áreas nos próximos 5 anos.

Para Leo Jamal, neste plano, há boas perspectivas nas áreas de abastecimento de água, Saúde entre outras.

ʺPretendemos que o acesso a fontes seguras de água passe dos actuais 51 para 80 porcento e que o serviço sanitário passe dos actuais 49 para mais de 80 Porcentoʺ. – disse Leo Jamal.

A previsão é de Nampula conseguir uma produção global em mais de 85 Mil milhões em 2021, mas para tal, espera-se a contribuição das áreas de Agricultura e pescas com 57 porcento, Transportes com 19 porcento e a industria transformadora poderá contribuir com cerca de 15 porcento.

O plano Económico e Social para 2021, segundo o Porta-Voz Leo Jamal, foi desenhado no contexto da Covid-19, e espera-se que a sociedade civil tenha um plano que possa se juntar a este, para dar resposta ao desafio do novo normal, numa clara alusão de que as instituições do estado e privadas não devem parar, sem no entanto permitir a propagação da doença na província de Nampula.

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *