HÁ PREGADORES QUE ESCAMOTEIAM A VERDADE

HÁ PREGADORES QUE ESCAMOTEIAM A VERDADE

Por  Elísio João

Cuidado irmãos : Há pregadores que escamoteiam a verdade. Porque Orar, não é exigir milagres – Adverte Arcebispo de Nampula.

O Arcebispo de Nampula, Dom Inácio Saure, mostrou-se preocupado com o aumento do número de pregadores da palavra de Deus, que não respeitam a doutrina Cristã.

Dom Inácio Saure pediu aos crentes Católicos para que estejam atentos a esses falsos evangelizadores da Palavra e que tenham cuidado com o que dizem, porque na sua maioria, ʺescamoteiam a verdade

Muitos deles, no dizer do Arcebispo de Nampula, são atrevidos de Marketing da Fé que procuram ovelhas para o seu rebanho e angariação de mais dinheiro, mas, sem respeitarem a Palavra de Deus.

Uma vez que, segundo suas palavras, afirmam o que não se pode afirmar, enchendo os seus templos de adeptos, capturados pela sua meia verdade.

ʺOs métodos que usam estão muito longe de serem os métodos de Jesus. Isso é proselitismo ou partidarismo. Uma atitude errada, mas que infelizmente, há católicos que seguem a esses que esqueceram a ética e a moral. Por isso, cuidado irmãosʺ  disse o Arcebispo de Nampula, visivelmente preocupado com os seus irmãos na fé.

Dom Inácio Saure recordou aos fiéis católicos na Sé Catedral, que quando o Marketing da fé é mais importante que a graça de Deus, alguma coisa está errada com essa igreja e seus pregadores.

Terminou a sua reflexão sobre este assunto, dizendo o que passamos a citar: ʺEles prometem a cura e riqueza… Não se negam os milagres no prodígio. O que se nega é a ousadia de anunciar o milagre antes que ele aconteça, ou camuflar como milagre, aquilo que não foi. Nunca nos esqueçamos disso irmãos. Porque orar a pedir, não é orar a exigir milagres.

Essa exortação acontece numa altura em que multiplicam-se, em Nampula, as seitas religiosas, na sua maioria de origem brasileira, cujos pregadores pululam pelos bairros, alegadamente para evangelizar e angariar seus seguidores.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *