HCN supera a meta de 120 para 125 pacientes com catarata

HCN supera a meta de 120 para 125 pacientes com catarata

As cirurgias decorreram com sucessos segundo fez saber Marta Abudo, médica oftalmologista em serviço na maior unidade e responsável das cirurgias.

A fonte sublinhou que está em curso neste momento a 2ª etapa da campanha que diz respeito ao controlo. A médica insta aos pacientes com estes problemas de forma a aderirem as campanhas que são realizadas trimestralmente.

Aliás, a meta prevista para este ano é de 2800 cirurgias, o que a médica acredita que será alcançada: “neste momento nós ainda não terminamos, mas conseguimos cumprir com aquilo que são as nossas metas”.

A médica fez saber que a província tem um número elevado de pessoas com problemas de catarata, pelo que é um desafio lutar para reduzir os casos pese embora seja uma doença que tem que ver com a idade, facto que pode tornar difícil eliminar.

“À medida do possível gente vai tentar reduzir, por isso que fizemos as cirurgias também ao nível dos distritos”, cimentou Marta Abudo.

E porque é uma patologia ligada ao factor idade, Marta deixa algumas recomendações que possam retardar: “evidentemente existem algumas formas que maior parte dos casos estão ligados com a serenidade, pelo que todos são chamados para vir ao hospital central”.

   Rádio e Televisão Encontro (RTE)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *