Liga da Mulher da Renamo recorda com nostalgia as constantes violações dos direitos dessa camada no país

Por Elísio João

Em plena festividade do dia internacional da Mulher, 8 de Março, a Liga da Mulher da Renamo recorda com nostalgia as constantes violações dos direitos dessa camada no país.

As denúncias foram feitas pela presidente da Liga da Mulher da Renamo, Eulália de Oliveira, num encontro com membros dessa organização, que serviu para reflectir a actual situação política no país, quando passava mais um dia internacional da Mulher.

Numa mensagem, Eulália de Oliveira referiu que mesmo com os vários constrangimentos, a mulher da Renamo não vai vacilar na luta pelos seus direitos.

Aliás, ela reconheceu que ultimamente algumas mulheres estão a tomar posições de destaque na vida politica, social e económica do país, mas, segundo a mensagem da Liga das Mulheres da Renamo, ainda falta muito.

“A mulher pretende tomar posições de destaque na C.N.E., no STAE, nas Direcções Provinciais, nas vereações até nos Postos Administrativos” – destaca a mensagem.

As celebrações do dia internacional da Mulher, serviram também para as mulheres da Renamo, recordarem do ataque que as Forças de Defesa e Segurança protagonizaram contra a Sede dessa formação política, na Rua dos Sem Medo, há 9 anos, em plena comemoração do 8 de Marco, na cidade de Nampula.

Um acontecimento que, segundo Glória Salvador Mandatária da Renamo e Deputada da Assembleia da República para o círculo eleitoral de Nampula, sempre será recordado pelos membros dessa formação politica.

Gloria Salvador recorda que aquele ataque à Sede da Renamo na rua dos Sem Medo, significou atacar as Mulheres dessa formação politica, por acontecer em pleno seu dia.

Entretanto, a Renamo continua a exigir a devolução da sua sede na rua dos Sem Medo.

Gloria Salvador disse a Imprensa que essa exigência vai continuar, até que seja satisfeita, mesmo que para tal as mulheres da Renamo em Nampula tenham que pegar em varapaus e ou armas brancas para ir ao encontro de quem de direito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *