AUTO MEDICAÇÃO É NOCIVA À SAÚDE

Por: Florêncio Alfredo

CIMLURIO intensifica acções de sensibilização contra auto medicação nas Comunidades por considerar nociva.

A Auto medicação por parte de alguns pacientes que não procuram assistência nas unidades sanitárias, preocupa sobremaneira o centro de informação sobre medicamentos da faculdade de ciências de saúde da universidade Lúrio em Nampula.

Melane Ferrão, responsável do CIMLURIO, disse a Rádio Encontro, que o uso irracional de medicamentos faz com que muitos pacientes agravem as suas patologias. Para a nossa fonte, o uso indevido de medicamentos é responsável em mortes e internamentos de pacientes nos diversos hospitais do país. Devido a perigosidade de uso de medicamentos não prescritos pelo pessoal de saúde, Melane, insta as populações que tiverem problemas de saúde a procurarem os hospitais para o devido tratamento.

A nossa interlocutora, disse ainda que um paciente deve saber para que serve a dose prescrita, como tomar, quais são os efeitos e a respectiva importância. É preciso que os doentes não interrompam com as terapias, visto que é só com a medicação que o paciente vai melhorando aos poucos; avançou a nossa entrevistada para depois acrescentar que interromper a medicação em alguns casos tem sido fatal.

De referir que o Centro de informação sobre medicamentos (CIMLURIO), da faculdade de ciências de Saúde da uni-Lúrio em Nampula, foi criado em 2014 com o objectivo de fazer acompanhamento aos pacientes para uma medicação adequada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *