MOÇAMBIQUE CELEBROU ACORDOS DE LUSAKA A MEIO DE CALAMIDADE PÚBLICA

Por Cremildo Alexandre

Comemorou-se esta segunda-feira, 07 de Setembro, o dia da vitória e dos acordos de Lusaka.

Os Acordos de Lusaka foram assinados entre o governo Português e a Frelimo em 1974, colocando fim a luta de libertação de moçambique, que durou dez anos

Na cidade de Nampula, a data foi marcada por uma deposição de flores na praça dos heróis  em homenagem aos moçambicanos que sacrificaram suas vidas nessa luta.

A cerimónia foi presidida pelo Secretário do Estado da Província de Nampula.

Falando momentos depois da deposição de flores, Mety Gondola, Secretário do estado da província de Nampula, instou aos moçambicanos em particular a população de Nampula a considerar esta conquista do país, procurando forças para ultrapassar a pandemia da COVID-19.

Para além de combater a pandemia que devastou o mundo em particular o país, Mety Gondola pediu a população a buscar forças para que o país ultrapasse a instabilidade na zona centro e o terrorismo no norte de Cabo Delgado.

Vamos unir as nossas forcas e contribuamos para que a instabilidade que se vive no centro do pais, e o terrorismo em Cabo Delgado, tenham fim.–  disse Gondola que ao mesmo tempo, pediu aos moçambicanos a solidarizarem-se com os deslocados de Cabo Delgado que procuram abrigo na província de Nampula.

Por seu turno, oscombatentes que participaram na luta de libertação Nacional que falaram a Radio Encontro disseram que esta data tem um significado fundamental na Victória do país. As nossas fontes suplicam a juventude a não se aliarem nas fileiras daqueles que ameaçam a paz em Moçambique.

Este pais custou muito sangue do moçambicanos, por isso pedimos aos jovens para valorizarem isso e a não se juntarem aos terroristas que instabilizam o norte do pais. – sublinhou um combatente, que considera a juventude como sendo o garante do desenvolvimento do pais.

Foino dia 7 de Setembro de 1974, em Lusaca (Zâmbia), que o Estado Português reconheceu formalmente o direito do povo de Moçambique à independência. Foi nos mesmos acordos que foi igualmente estabelecido que a independência completa de Moçambique seria solenemente proclamada no dia 25 de Junho de 1975.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *