MONTE DE LIXO AMEAÇA ENGOLIR CEMITÉRIO DE COTOCUANE

 

MONTE DE LIXO AMEAÇA ENGOLIR CEMITÉRIO DE COTOCUANE

Por Amélia Augusto

Monte de lixo volta a ameaçar engolir cemitério de Cotocuane e tira sono aos moradores da zona.

Os moradores da Unidade Comunal de Cotocuane, bairro de Namutequeliua na cidade de Nampula, mostram-se insatisfeitos com a falta de remoção regular do lixo naquela zona residencial.

Trata-se de um monte de lixo que não está a ser removido desde o ano passado e que preocupa residentes  daquela zona, associado ao facto de se localizar na entrada de um cemitério, colocando em perigo o respectivo muro de vedação.

Alguns moradores entrevistados pela nossa reportagem lamentaram o facto, porque, segundo eles, o cheiro nauseabundo  pode causar doenças  para pessoas que vivem próximo daquela lixeira como também  aos  vendedores de comida   e principalmente as crianças que  brincam  naquele local.

Para outros, o lixo  poderia ser  removido  duas em duas semanas para evitar eclosão de doenças de origem hídrica durante a época chuvosa.

José  Orlando é um dos nossos entrevistados que exigiu ao Conselho Autárquico de Nampula para que possa resolver a situação, como forma de evitar o pior para aquela zona residencial.

Procuramos sem sucesso ouvir a reacção do pelouro de salubridade no Conselho Autárquico de Nampula, por indisponibilidade do respectivo vereador.

A Rádio Encontro tem conhecimento que em cada lixeira, existe alguém indicado pela Vereação de Salubridade, com a missão de gerir os resíduos sólidos e dar comunicação aos seus superiores sobre a situação em que se encontra o local.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *