MOTO-TAXISTAS DE NAMPULA FESTEJAM EMENDA DO DECRETO

MOTO-TAXISTAS DE NAMPULA FESTEJAM EMENDA DO DECRETO

Por Santos Conta

Os Operadores de táxi-mota estão satisfeitos com as novas medidas tornadas públicas na tarde de ontem pelo Conselho de Ministros.

Os moto-taxistas já respiram um ar de alívio depois da alteração do decreto presidencial que declara Estado de Emergência, que de entre várias medidas não permitia o serviço de moto táxi e bicicleta.

Depois de no último domingo um grupo de 15 jovens ter sido detido pela Polícia da República de Moçambique em Nampula por desacato as autoridades, o governo autorizou aos moto-taxistas e ciclistas a continuar com as suas actividades que dizem ser base de sobrevivência, mas que para tal, são obrigados a usarem a máscara de protecção.

As alterações que foram anunciadas ontem pelo porta voz do Conselho de ministros Filimão Suaze, dão conta de que todos os utentes de transportes públicos de passageiros têm a obrigação de uso das máscaras de protecção de nariz e boca.

As praças de moto-taxistas na semana passada eram ocupadas pelas autoridades da lei e ordem, falo da polícia de trânsito, de protecção e municipal, para fazer valer as orientações do governo e do ministério de saúde.

Hoje o cenário é diferente para a alegria dos operadores de táxi-mota, que para eles, a ansiedade de voltar a praça era maior.

Importa destacar uma nota importante que dá conta de que, minutos antes da chegada da nossa equipa de reportagem naquela praça como carinhosamente chamam, os operadores de moto-táxi, duvidavam se na verdade tinham sido autorizados ou não a voltar a praticar as suas actividades, onde precisou da intervenção de um dos repórteres desta estação emissora para esclarecer com certeza as suas dúvidas.

Tendo explicado que, estão autorizados a exercer as suas actividades com a condição de uso de máscaras de protecção de nariz e boca os dois ocupantes que cabem numa mota.

Os moto taxistas prometem cumprir com as orientações tornadas públicas ontem principalmente na componente de uso das máscaras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *