O Centro de Recursos de Educação Inclusiva, em Nampula, pretende incluir o segundo ciclo do ensino secundário

Com capacidade de acolher crianças com deficiência da região norte do país, o centro de recursos de Anchilo conta actualmente com 325 crianças das quais 173 são do sexo feminino, 152 do sexo masculino com faixas etárias que variam entre 7 a 20 anos de idade.

Esta informação foi tornada pública por Benvinda Maulana, técnica afecta ao departamento de acção social, na direcção provincial de género, criança e acção social de Nampula, a qual acredita que a ser implementado, o segundo ciclo do ensino secundário, ira melhorar a dinâmica do processo de ensino e aprendizagem.

A nossa interlocutora fez saber numa outra abordagem que o braço executor daquele departamento superou a meta de assistência social as pessoas vivendo em situação de vulnerabilidade.

Por Pedro Cusse

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *