O corte do sistema analógico deixou em choque a maior parte da população da cidade de Nampula

Alguns entrevistados pela Rádio Encontro, na manhã desta terça-feira, lamentaram esse posicionamento do Instituto Nacional das Comunicações de Moçambique, visto que segundo observaram, algumas famílias não têm capacidade financeira para aderirem o sistema digital, o que está a ser agravado  com a pandemia de coronavírus.

Por outro lado, os populares de Nampula, vêm isso como o começo de um desenvolvimento do pais, mas pedem a redução de preço dos dispositivos assim como dos canais.

Alguns dos nossos entrevistados que não quiseram se identificar, disseram que o governo deve criar condições, disponibilizando os dispositivos para as famílias carenciadas.

Estaslamentações dos munícipes da cidade de Nampula acontece horas depois de o INCM ter procedido  o corte do sistema analógico a partir da ultima segunda-feira, o que fez com que muitas famílias ficassem sem acesso a televisão.

Por Amélia Augusto

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *