O Ferroviário de Nampula bate o seu homónimo de Nacala por duas bolas a zero, e fecha com chave de ouro o Moçambola 2021

O jogo era referente a vigésima sexta e última jornada do Moçambola, edição 2021 e teve lugar este domingo, no estádio 25 de Junho em Nampula.

Jogando em casa e diante do seu público, os locomotivas de Nampula entraram na partida em cima do seu adversário que também parecia estar disposto em bater-se de igual para igual.

Corolário disso, os primeiros minutos foram caracterizados por um equilíbrio, com as equipas a visitarem, mas sem sucesso a baliza contraria.

Quando se pensava que as equipas iriam ao intervalo com o nulo no marcador, eis que no primeiro dos três minutos de compensação, o Ferroviário de Nampula chega ao golo, por intermedio do internacional moçambicano Salas, para euforia do público.

Com um a zero, as duas equipas recolheram ao intervalo.

No reatamento, o Ferroviário de Nacala entrou balançado ao ataque, mas sempre falhando na finalização.

E como quem não marca arrisca-se a perder, foi a turma de casa que marcou o segundo golo, através de Gito, que teria pulado do banco dos suplentes nos últimos instantes da partida.

Dois a zero, foi o resultado final, numa partida em que, o Ferroviário de Nacala tentou, mas não conseguiu.

Entretanto, com o sorriso de orelha em orelha, por tanta satisfação, estava Nelson Santos, maquinista principal da locomotiva de Nampula, que enalteceu a entrega dos seus pupilos.

Ainda a contar para a mesma jornada, o Ferroviário de Lichinga 1, Costa do Sol 2.

Terminado o moçambola eis a classificação final:

A equipa da associação Black Bulls que se estreou este ano no moçambola é a grande vencedora da prova.

E descem de divisão as equipas do textafrica de Chimoio, Machede de Mocuba e Desportivo de Maputo.

Por Gálacio Rapieque

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *