O Governo deve criar Dialogo constante para o fim dos conflitos em Moçambique.

Por: João Baptista

O Presidente do Partido MDM – Movimento Democrático de Moçambique é da opinião de que para que haja união entre os Moçambicanos, o Governo deve promover um diálogo constante para reduzir os conflitos militares na zona centro e as acções terroristas no norte do Pais.

Daviz Simango disse haver a necessidade de o Governo intensificar um diálogo urgente e permanente para que os Moçambicanos não se sintam excluídos.

Sobre os insurgentes de Cabo Delgado, aquele dirigente defende que o governo deve criar oportunidades económicas, Socias e culturais para todos os Moçambicanos.

Cabo Delgado, sendo uma das províncias que contribuiu bastante para a libertação do país, Simango entende que seria o momento em que aquela população estaria a viver na tranquilidade e sossego.

O terrorismo segundo Simango Encontra um espaço pelo facto de o Governo excluir as comunidades nas oportunidades.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *