Crónica do Dia – O INIMIGO INVISIVEL

O INIMIGO INVISÍVEL

Por Kant de Voronha

A Província de Nampula conta com uma área de 79.010 km². A densidade populacional ronda os 78,89 habitantes por km², um incremento de mais 28.44 hab/km². O IV Recenseamento Geral da População e Habitação de Moçambique, realizado entre 01 e 15 de Agosto de 2017 apontou a província de Nampula como a mais populosa do país com o maior número de habitantes cerca de 6,102 milhões – com 3,161 milhões de indivíduos do sexo feminino e 2,941 milhões do sexo masculino.

No último Sábado, a cidade de Nampula acolheu, pela primeira vez, a conferência de imprensa no âmbito da actualização diária dos casos relativos a pandemia do Coronavírus no país. O Ministro da Saúde, Armindo Tiago disse que era previsível que Nampula lograsse a alcunha de ser a primeira província com elementos suficientes de contaminação comunitária do vírus covid 19 por ser a mais populosa. Os números crescem e os doentes ainda prevalecem no anonimato. Enquanto isso precisamos de vigilância.

Como falei outrora, não se sabe com quem e como se pode contaminar o vírus. Alguns doentes assintomáticos podem conviver connosco e não revelar nenhum sinal. É aí onde aumenta o perigo de contágio. Quando mais saímos de nossas casas, mais propensos nos tornamos para levar o vírus para casa. Pode ser um cliente da nossa banca que nos vai dar ou ainda um amigo, esposo, filho ou ainda colega de trabalho. Posteriormente, nós também transportaremos o vírus para dentro da nossa casa para partilhar com todos os membros da nossa família.

Sejamos mais vigilantes. Sigamos com maior rigor possível as medidas que nos aconselham ser recomendáveis para evitar que esta doença nos ceife.

Não podemos minimizar os casos positivos que nos são reportados. Cuidemos um do outro e observemos as medidas de prevenção. Nunca se sabe ao certo a origem do vírus. Todos nós somos protagonistas para a criação de um ambiente saudável e mais próspero. Coronavírus vai passar bastará a nossa colaboração. Quanto tempo levará isso? Dependerá em grande com o envolvimento e a responsabilidade de todos nós.

Não seja causa de tristeza da tua família por causa de negligência. Ficar em casa se possível. Sair dela somente quando necessário e motivo maior. Mantenha as crianças em casa e nada de expô-las ao perigo. E mais…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *