OPHENTA INVESTE NO COMBATE A VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

OPHENTA INVESTE NO COMBATE A VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

Por Amélia Augusto

A organização não-governamental Ophenta na província de Nampula sensibilizou de Janeiro a esta parte pouco mais de 4000 famílias em matérias de violência doméstica e abusos sexuais praticados contra a mulher.

A coordenadora da Ophenta, Olga Loforte disse que a agremiação que dirige está a trabalhar através dos seus activistas na sensibilização às comunidades para que denunciem os casos de violência doméstica.

Olga Loforte disse que as pessoas que sofrem de violência doméstica e abuso sexual devem ganhar a coragem de denunciar os violadores para que sejam levados a barra do tribunal e punidos conforme os seus actos.

Loforte recordou  que é na família onde acontecem as violências e abusos sexuais, dai que há necessidade de as autoridades do bairro estarem em alerta para os possíveis casos.

Em Fevereiro deste ano, segundo a nossa fonte, foi identificado um caso de uma menina de 12 anos de idade que foi violada sexualmente por quatro malfeitores no bairro de Namicopo.

ʺSomos uma organização que visa combater e prevenir a violência contra mulher e a rapariga, por isso a nossa luta é trabalhar em prol do bem estar da mulher, fazendo campanhas porta a portaʺ, acrescentou a Coordenadora da Ophenta, Olga Loforte, que disse ter notado que os casos de violência física e psicológica continuam a ser uma realidade nas comunidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *