OS BAIRROS DE MUHALA, NAMICOPO, MUAHIVIRE EXPANSÃO ACOLHEM ELEVADO CONSUMO DE DROGAS

OS BAIRROS DE MUHALA, NAMICOPO, MUAHIVIRE EXPANSÃO ACOLHEM ELEVADO CONSUMO DE DROGAS

Por César Rafael

No âmbito da semana Internacional de prevenção e combate ao tráfico e consumo ilícito de drogas, a directora interina do gabinete provincial de combate a droga Isabel Sanfins, fez saber que os bairros de Muhala, Namicopo, Muahivire expansão na cidade de Nampula para além dos distritos de Erati-Nampa, Angoche, Moma, Nacala a Velha, Nacala Porto, Lalaua, Nacaroa, Murrupula, Mogovolas e Malema são apontados como os que registam maior incidência de drogas ao nível da província mais populosa do país.

Sanfins explicou que alguns camponeses chegam a produzir as substâncias psicoactivas nos seus campos de cultivo com maior destaque para a Canabi Sativa vulgo suruma alegando ser uma substancia que depois de consumida impulsiona maior forca ao camponês para a prática das suas actividades de cultivo.

Para disfarçar as autoridades, aqueles camponeses introduzem as substâncias no meio das machambas misturando com outras culturas ali desenvolvidas para posterior consumo até mesmo a venda.

Segundo a fonte, está prática tende a reduzir nos últimos tempos devido a trabalhos de sensibilização de jovens e adolescentes levados a cabo pelo gabinete provincial de combate a droga e a polícia da república para por o fim o tráfico e consumo de drogas.

Para Isabel Sanfins, o consumo de drogas aumenta o risco de propagação da covid-19, por isso o sector em parceria com várias instituições da organização Civil vai continuar a criar grupos de anti-drogas sobre tudo nas escolas e difundir mensagens educativas como principais desafios ao nível da província de Nampula com prioridade para os distritos vulneráveis.

A fonte apela a toda sociedade no sentido de trabalhar de forma a procurar respostas para desencorajar os jovens e adolescentes a não enveredar pelo caminho das drogas e alerta a todos pela vigilância para evitar o risco da exposição da pandemia da covid-19.

Importa referir que algumas drogas como a heroína por exemplo tem como principal efeito, potencialmente fatal o abrandamento e a paragem respiratória. Assim sendo os consumidores da droga correm um risco acrescido de overdose dado que a covid-19 pode causar dificuldades respiratórias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *