Parceiros e empresários do governo provincial procuram mecanismos de respostas a Covid-19

Por Elísio João

Para tal, o Secretário de Estado da Província de Nampula Mety Gondola orientou um encontro que serviu para auscultar o nível de percepção e cumprimento das medidas decretadas no contexto da declaração da situação de calamidade pública.

“Queremos ouvir sugestões dos nossos parceiros sobre o que deve ser feito para melhorarmos cada vez mais os nossos trabalhos nesta luta contra a Covid-19” disse Gondola, na abertura do encontro.

Os participantes daquele encontro queixaram-se da Polícia que, segundo disseram, “tem interagido nas nossas instituições sem a presença da Inspecção Nacional de Actividades Económicas- INAE. Eu quando passava, hoje, pelo Hospital Central vi muita gente concentrada no portão e aquilo pode acelerar a contaminação” – disse uma empresária que defende a necessidade de se revitalizar o COI – Comité Operativo Institucional, com envolvimento do empresariado local.

“A polícia obriga o fecho de algumas lojas de estrangeiros com alegação de ultrapassar o horário, depois de fechadas, a mesma polícia volta e cobra dinheiro para a sua reabertura. Eu mesmo fui alvo disso. Será que assim estamos a lutar contra a doença?” – questionou um agente económico visivelmente agastado. Mety Gondola ouviu atentamente as inquietações dos participantes do encontro e considerou algumas delas como que não ajudam para o crescimento económico da Província.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *