PRM APREENDE 2000KG DE PESCADO

PRM APREENDE 2000KG DE PESCADO

Por César Rafael

A polícia da República de Moçambique, em coordenação com a polícia costeira lacustre fluvial e a direcção das pescas em Nampula, apreendeu na última segunda-feira mais de 2000 quilogramas de pescado diverso protegido pelo período de veda.

O produto apreendido era transportado dos distritos costeiros de Moma e Angoche e que seria comercializado no mercado dos belenenses nesta cidade.

De acordo com o porta-voz da polícia da República de Moçambique em Nampula, Zacarias Nacute, os mariscos apreendidos, estão em fase de reprodução, razão pela qual é vedada a sua exploração num período de cerca de 5 meses.

Em conexão com o caso, foram emitidas quatro multas contra os infractores no valor total de 38.800 mt, por falta de observância das normas que por lei regulam o período de veda dos recursos pesqueiros.

“Apelamos para que os pescadores observem as normas que por lei regulam o período de veda para que não sejam incriminados” – Disse Nacute.

Por seu turno, Zacarias Tayar, chefe da repartição de fiscalização da pesca na direcção provincial de Nampula, explicou que o produto apreendido será entregue a algumas entidades de caridade segundo rege a legislação.

A Rádio Encontro testemunhou a entrega de cerca de uma tonelada e meia de pescado apreendido à cadeia civil.

O produto foi recebido pelo director do estabelecimento penitenciário provincial de Nampula Luís Sabão Almolade que na altura enalteceu o gesto.

Almolade garantiu que parte do produto será canalizada a estabelecimentos penitenciários distritais.

Importa referir que o período de veda teve início no mês de Novembro do ano passado e termina em Março próximo.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *