RÁDIO ENCONTRO CELEBRA JUBILEU DE PRATA

RÁDIO ENCONTRO CELEBRA JUBILEU DE PRATA

Por Redacção

Abre amanhã o Jubileu dos 25 anos da Rádio Encontro, que continua a focar-se na Formação, Informação e Evangelização.

A abertura do ano jubilar será caracterizada por uma Celebração Eucarística na capela desta estação emissora, seguida de momentos de recreação, troca de presentes com o amigo oculto e confraternização.

Durante o ano jubilar, a Rádio Encontro vai promover várias actividades de índole educativa e Cultural com destaque para Emissões ao vivo em todos os Postos Administrativos Urbanos, um curso de Jornalismo básico com duração de 6 meses.

Consta ainda na agenda, realização de palestras sobre os desafios da Comunicação Social na actualidade e divulgação do historial de criação das Paróquias da Arquidiocese de Nampula.

Os profissionais desta Rádio, avaliam os 25 anos como sendo de grandes conquistas e de verdadeira aprendizagem.

Felismino Leonardo e Cremildo Alexandre, são os colaboradores que esta sexta-feira falaram sobre o Jubileu.

“Achamos ter contribuído bastante na formação e informação da sociedade.

O nosso desafio é concretizar o projecto de instalação de um sinal de televisão, uma vez que temos a obrigação de acompanhar o mundo digital”.

Por outro lado, os nossos interlocutores acreditam que a Rádio Encontro contribui bastante no desenvolvimento do país e na consciencialização para uma cidadania participativa.

O ano jubilar dos 25 anos da Rádio Encontro que amanhã abre, poderá ser encerrado em Dezembro de 2020 corrente, cujo marco memorável é a criação da página Web por meio da qual a rádio é ouvida mundialmente na plataforma online.

A Rádio Encontro é uma Emissora Católica, pertencente à Arquidiocese de Nampula. Fundada em 1995, ela tem por visão contribuir para o desenvolvimento integral da pessoa humana através da divulgação do Evangelho, da informação, formação para a cidadania e a consolidação técnica, apostando sempre na qualidade. Por isso, sua Missão é de Promover os valores evangélicos e humanos, com base na Doutrina Social da Igreja Católica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *