SEMÁFOROS DE NAMPULA DESCOORDENAM AUTOMOBILISTAS E PEÕES

SEMÁFOROS DE NAMPULA DESCOORDENAM AUTOMOBILISTAS E PEÕES

Por Pedro Cusse

Situação de aparente abandono vive-se numa das principais avenidas desta urbe, a Avenida do Trabalho, Eduardo Mondlane e 25 de Setembro.

Nestas ruas é impossível passar e não sentir o desagradável cheiro de um possível acidente.

A situação agrava-se nas horas de ponta, onde a azáfama da cidade vai-se fazendo sentir e onde o roncar dos freios anunciam uma ultrapassagem confusa, devido a ausência de sinais luminosos.

Para não falar da ginástica que as pessoas com deficiência têm que fazer, pois, os automobilistas estão possuídos pelo espírito da pressa e com ele vem acompanhado com a sede de andar em altas velocidades

Para passear bem e voltar a casa, as pessoas com deficiência são obrigadas a ser mestres da cabra-cega ou jogo da velha para chegar ao outro lado da rua.

Será que as pessoas que zelam pelos sinais luminosos vivem nesta cidade? Passam por aquelas avenidas?

Naqueles locais os munícipes gritam aos prantos por socorro ” … a situação está complicada. Para passar bem por estas avenidas não é tarefa fácil. Não porque os semáforos não acendem, se acendem, todas as 3 cores ficam ligadas, o que nos causa confusão como vamos fazer a nossa marcha. Tem vezes que nós pensamos que a situação se deve a falta de energia, mas não é por isto porque tem vezes que ficam 4 a 5 dias sem funcionar. Tememos que num futuro muito próximo haja um derramamento de sangue neste local … ” alertou um dos automobilistas ouvido pela Rádio Encontro na manhã desta sexta-feira (17/7) que acrescenta dizendo que a situação está a agravar-se devido a ausência dos agentes de trânsito naqueles locais.

” … Os trânsitos, o trabalho deles é estar na estrada a controlar e impor regras, mas o que vimos na nossa cidade é contrário. Eles estão no máximo conforto enquanto que as pessoas aqui fora estão a se matar, se são escalados apenas trabalham uma hora e saem abandonando os peões a sua própria sorte ….  ” Concluiu visivelmente indignado.

Arnaldo Nicurrupo, que por sinal é taxista cuja praça é na Padaria Sipal, disse desconhecer os reais problemas dos semáforos. Quando questionado se já tinha comunicado a situação as autoridades para uma possível resolução do problema, a nossa fonte disse desconhecer onde se dirigir para ver o problema resolvido, pois a vez que foi clamar por ajuda no município,” … alguns funcionários daquele órgão disseram que o assunto dos semáforos não era com o município… ”

E diz mais ” … mesmo eles tendo conhecimento desta situação não vão fazer nada, porque quando querem se deslocar para um local andam com “Não pisa e sirenes” que anunciam a sua chegada que é prioritária. Então não tem como eles se preocuparem com isto uma vez que podem circular sem nenhum impedimento” … rematou Nicurrupo que acrescenta dizendo que a situação é perigosa para os peões assim como para os automobilistas.

De referir que há 3 meses o presidente desta autarquia, Paulo Vahanle, inaugurou semáforos e outros sinais de trânsito em algumas ruas e avenidas da cidade de Nampula, mas que até esta parte alguns deles estão inoperacionais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *