Poesia – VIVA CRIANÇA MOÇAMBICANA

VIVA CRIANÇA MOÇAMBICANA

Por Kant de Voronha

És a flor que desabrocha na aurora

Vasculhando a existência, que voa sem direção

Com um olhar perdido neste país violentado

 

Viva o teu hoje preparando o amanhã

Embora não chegue nunca

Muito menos o posterior que nos avizinha

Não nos garante evidência e clareza

 

Orgulhe-te com o que fores sendo cada vez mais

Com o que fores aprendendo em todas ocasiões

Com quem fores convivendo cada dia

Com os que te ensinarem algo para a vida

 

Perdoe sempre quem te tiver magoado

Sempre que te chamarem por nomes que não te pertencem

Sempre e sempre mais.

Na vida, tudo te será sugerido

Caberá a ti discernir o melhor.

(Por Kant de Voronha)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *